Endometriose acomete mulheres desde a primeira menstruação até os 35 anos

6 coisas que você precisa saber sobre sexo quando você tem DIU
12 de setembro de 2018
DSTs silenciosas: você pode estar contaminado sem saber
19 de setembro de 2018
Show all

Tratamento ortomolecular é uma terapia alternativa para cuidar da doença.

A endometriose é uma síndrome que pode acometer mulheres desde a primeira menstruação até os trinta e cinco anos de idade. Este distúrbio é caracterizado pelo crescimento de tecido endometrial fora do útero. Além disso, sinais como dor pélvica crônica, dor ao urinar, sangramento menstrual irregular e fadiga estão na lista dos sintomas mais frequentes da doença.

Causas

Apesar das causas exatas da endometriose ainda não serem tão esclarecidas, existem diversos estudos que apontam os principais fatores de risco, os principais fatores são: predisposição genética familiar, baixos níveis de progesterona, uso excessivo de anticoncepcionais e consumo de álcool e café.

Diagnóstico

Existem diversos meios de diagnosticar a doença. O exame clínico e físico são os mais importantes e fundamentais e, em seguida, o médico pode fazer o exame de toque vaginal. Após isso, podem ser feitos exames como videolaparoscopia, ultrassonografia e ressonância magnética.

Tratamento – prática ortomolecular

Diferente do tratamento convencional, a prática ortomolecular pode ser considerada efetiva e menos invasiva para a paciente. Utilizando suplementos nutricionais e alimentos saudáveis, a medicina ortomolecular tem alcançado bons resultados, eliminando o excesso de radicais livres do corpo.

A prática ortomolecular propõe um modelo de saúde e bem-estar. Além disso, o tratamento é totalmente personalizado de acordo com cada paciente e feito sob medida.

 

 

 

 

Fonte: https://novo.folhavitoria.com.br/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *