Endometriose é principal causa da infertilidade feminina

Menstruação atrasada nem sempre é gravidez; veja o que também pode mudar o ciclo
22 de janeiro de 2019
DST pouco conhecida preocupa especialistas
29 de janeiro de 2019
Show all

Young woman having stomach ache

O endométrio é a camada que reveste internamente o útero, como se fosse o “recheio” uterino. Ele responde aos hormônios produzidos pelo ovário de duas maneiras: primeiro aumentando a espessura e, posteriormente, se desprendendo do útero na forma de menstruação. A endometriose é definida como a presença de focos de endométrio em outros locais da cavidade abdominal – bexiga, intestino, trompas, ligamentos e ovários.  Pode se apresentar também como cistos nos ovários, chamados endometrioma.

Sintomas

os principais sintomas que levam a mulher a procurar o ginecologista são dor crônica e dificuldade para engravidar. De acordo com ela, a quantidade e intensidade de sintomas são bastante variáveis entre as pacientes. Os sintomas ocorrem porque os pedaços de endométrio, mesmo fora de seu local habitual, continuam respondendo aos estímulos dos hormônios produzidos pelos ovários causando uma reação inflamatória local e sangramento.

Dor crônica

Porém, a dor pode não estar restrita apenas a cólica menstrual. Se os focos de endometriose estiverem na bexiga, pode haver dor ao urinar. Já se estiverem no intestino, causam dor ao evacuar, diarreia ou constipação. Se os ligamentos abdominais estiverem comprometidos, pode ocorrer também desconforto nas relações sexuais. Nos casos de doença mais grave a dor aparece até mesmo fora do período menstrua.

Dificuldade para engravidar

A inflamação local da endometriose dificulta a implantação (fixação) do embrião no útero. A médica conta que pode causar também mudanças na arquitetura da pelve (como obstrução das trompas) que dificultam ou mesmo impedem a gestação.

Diagnóstico

Primeiramente, a suspeita é pelos sintomas relatados na consulta. Exames de imagem como ecografia e ressonância magnética da pelve podem ajudar, mas nem sempre são precisos. Se os focos de endometriose forem muito pequenos eles podem passar despercebidos.

O diagnóstico definitivo é feito pela cirurgia de videolaparoscopia que consiste basicamente na introdução de micro câmera na cavidade abdominal para visualização direta da pelve. A vantagem deste procedimento é que ele serve para diagnóstico e também tratamento porque é possível remover ou cauterizar os focos de endometriose encontrados.

Tratamento

Depende da gravidade dos sintomas e se há o desejo imediato de gravidez. Alguns casos podem ser tratados apenas com anticoncepcional, outros exigem o procedimento cirúrgico de videolaparoscopia. “A decisão é tomada após exame clínico detalhado, exames de imagem e de acordo com a necessidade de cada caso.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *