Praia x problemas pré-existentes

Gravidez: paracetamol pode aumentar risco de autismo no bebê
29 de novembro de 2018
Dicas para evitar o desconforto sentido por grávidas durante o calor
4 de dezembro de 2018
Show all

Se antes de viajar a mulher descobrir uma infecção ou tiver com sintomas como coceira, corrimento e ardor, os cuidados devem ser um pouco diferentes. De acordo com o Dr. Paulo, não é preciso alarde, mas é preciso ter cuidado com a exposição ao sol, o contato com a areia e o tempo de uso do biquíni. Segundo o médico, a exposição ao sol, especialmente entre 10h e 16h, pode fazer com que a imunidade caia. Assim, infecções causadas por fungos podem aparecer com mais facilidade. Portanto, eis mais uma razão para evitar o sol nesses horários.

Nesse caso, ir à praia não está proibido, mas é interessante que a mulher evite ficar muito tempo com o biquíni molhado e, ao tomar banho, que utilize um sabonete íntimo. A recomendação da calcinha de algodão e das roupas leves também se mantém. Além disso, é interessante que a mulher durma sem calcinha, para que a região fique ventilada e livre de umidade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *