Dúvidas frequentes sobre a menstruação

18 meses é o intervalo ideal entre uma gravidez e outra, diz estudo
21 de novembro de 2018
Dismenorreia: As dores menstruais que não devem mesmo ser menosprezadas
27 de novembro de 2018
Show all

Perguntas e respostas

Troca de pílula pode provocar escape?

Sim. A resposta do organismo varia de acordo com cada pílula. Ao trocar o medicamento, pode haver um escape no primeiro momento, o que tende a normalizar em dois ou três ciclos.

Quando ocorre um escape, preciso procurar um médico?

Se o escape ocorreu uma vez e depois não mais, pode estar relacionado ao esquecimento da ingestão de uma pílula da cartela ou a uma mudança no horário habitual de tomar o comprimido. Escapes mais frequentes merecem atenção.

É importante consultar um médico. Primeiro, porque fica uma situação desagradável, segundo, porque pode indicar algum probleminha. Pode se tratar de uma não adaptação à pílula anticoncepcional em uso, o que talvez requeira uma troca, ou outras situações, como uma infecção ou a existência de um pólipo.

A cor do sangue menstrual muda ao longo da vida?

Há pequenas diferenças: ciclos normais têm sangue vermelho, enquanto ciclos mais curtos apresentam um sangramento mais escuro (amarronzado), similar àquele típico do final da menstruação. Mulheres que tomam pílula e menstruam poucas vezes ao ano também podem ter um sangramento mais escurecido devido à pouca quantidade de fluxo.

 Quanto tempo leva para normalizar o ciclo menstrual após o parto?

A amamentação posterga a menstruação. Se a mãe amamentar o bebê, ela deve ficar sem menstruar durante seis meses, e depois o organismo deve retomar o ritmo anterior à gestação. Mulheres que não amamentam voltam a menstruar normalmente em torno de três a quarto meses após o nascimento do filho.

É possível engravidar estando menstruada?

Uma mulher que tem um ciclo irregular pode engravidar enquanto sangra porque o sangue presente no momento da relação sexual provavelmente não é de menstruação. Ela pode achar que está menstruada, mas o sangue está relacionado a outro motivo _ pode ser até um sangramento da fase de ovulação. Se for realmente o ciclo menstrual, ela não vai engravidar.

Estresse e abalos emocionais interferem?

Sim. Uma fase de intensa cobrança e desgosto no trabalho ou a morte de um familiar, por exemplo, têm a força de alterar o ciclo menstrual. Às vezes, a menstruação pode descer antes ou depois do que é esperado. Acontece de pacientes que utilizam corretamente um método contraceptivo acharem que podem ter engravidado, e a preocupação com essa suposta gestação já é suficiente para alterar o ciclo.

Os hormônios responsáveis pelo estresse vão interferir nos hormônios menstruais e vai haver interferência no ciclo. Vira uma bola de neve, até ela fazer um teste de gravidez e ver que não está grávida.

 

 

 

 

 

 

Fonte: gauchazh.clicrbs.com.br

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.