10 mitos e verdades sobre a gestação gemelar

Dermatologista indica cuidados a gestantes no uso de protetor solar e repelentes
12 de dezembro de 2017
Cuidados com a diabetes gestacional
14 de dezembro de 2017
Show all

O teste de gravidez sinaliza para o positivo, mas na hora de fazer o ultrassom os pais recebem a notícia que dois bebês estão a caminho. “Por algo da própria natureza, quando o embrião é quebrado e fabrica dois embriões iguais, chamamos de gêmeos univitelinos e eles são idênticos. Mas existe outra possibilidade quando há fetos diferentes (pode ser menino e menina e até irmãos de cores distintas) e a mulher tem uma ovulação dupla, ou duas de cada lado, e dois espermatozóides acabam concebendo dois embriões diferentes – o que chamamos de gêmeos bivitelinos“, explica Alberto D’Áuria, ginecologista e obstetra da Maternidade Pro Matre Paulista, de São Paulo.

Apesar de ser uma descoberta feliz, muitas dúvidas surgem quando falamos de gravidez gemelar. Afinal, o parto será sempre prematuro? Qual é a relação hereditária que estabelece a condição? Nesse caso a gestante deve repousar mais? Reunimos as principais dúvidas que as mães e os pais têm sobre o assunto e as esclarecimentos a seguir. Confira:

1. As chances de uma mulher engravidar de gêmeos é maior quando há casos na família?

Verdade. E isso vale especialmente para os parentes diretos da mãe, isto é, irmãos, tios, avós e irmãos dos avós. “Na teoria, o lado do pai não tem relação, mas na prática vemos que há certa influência. De qualquer forma, ficamos mais atentos quando existe alguma sinalização de histórico familiar”, afirma o médico.

2. Os incômodos da gravidez – como enjoos, inchaço – e até as complicações – como diabetes, hipertensão – são maiores quando a mulher está esperando gêmeos?

Verdade. É importante lembrar que a gestação gemelar exige mais atenção. Segundo o obstetra, há mais chance da mulher ter doença hipertensiva, diabetes gestacional e outros problemas como a ruptura prematura de uma das bolsas. Os sintomas também serão mais acentuados, pois o corpo produz uma quantidade maior de hormônios.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *