Enurese noturna – 10 dicas

Câncer de próstata diagnosticado no início pode ter 90% de chance de cura
16 de novembro de 2017
Grávidas devem usar sutiã para dormir
21 de novembro de 2017
Show all

Enurese Noturna é o hábito de urinar na cama após os 6 anos, e tal controle depende de fatores genéticos, comportamentais (treinamento) e psicológicos. È importante que os pais saibam que manter-se seco durante toda a noite é uma tarefa difícil. Algumas crianças exigem mais tempo que as outras para conseguir esse objetivo, geralmente por motivo hereditário, mas todas acabam conseguindo. Se os pais agirem errado, poderão trazer problemas psicológicos. Prepare seu espírito para os fracassos encorajando seu filho (a) a superar a dificuldade, certamente ele (a) vai se lembrar deste carinho mais tarde.

Instruções que ajudam:

1-Urinar (esvaziar a bexiga) na hora de deitar.

2-O que a criança deve vestir para dormir: a)fraldas e calças plásticas não devem ser usadas após os 4 anos; suspender mais cedo ainda, se a criança assim o desejar; b)vestir um calção grosso ou duas calças comuns além do pijama (isso evita que uma grande parte da urina passe para o lençol).

3-Proteger a cama: forrar o colchão com um lençol de plástico transparente, proteger o cobertor com uma capa de plástico. Coloque uma toalha seca debaixo das nádegas da criança (enxaguar todas as manhãs).

4-Durante o dia (no máximo até as 4 horas da tarde), no período em que a criança não está na escola, estimule-a a tomar bastante líquidos (1/2 copo por hora). Quando a criança sentir vontade de urinar, ela deve fazer outra coisa durante 10 minutos, após 20 ou 30 minutos. Ajude seu filho a adiar as respostas quantas vezes for possível. Isso ajuda a aumentar a capacidade da bexiga. Não esqueça de elogiar os sucessos e dar um prêmio (não material) pelos recordes.

5-Toda a vez que a criança vai ao banheiro para urinar, ela deve praticar o exercício de interrupção do jato urinári quando já urinou um pouco, “segurar” a urina, contar devagar até 10 e depois esvaziar o resto (ou interromper outra vez por 10 segundos). Isso fortalece a musculatura da bexiga.

6-Se a criança não consegue manter-se seca durante a noite, ela deve levantar-se uma vez por noite para ir urinar no banheiro. Isso pode ser feito de várias maneiras: ¨o melhor é que a criança acorde sozinha. Ao deitar, ela deve conversar com os pais, mentalizando a intenção de acordar e ir ao banheiro. ¨se isto falhar, use um despertador ou rádio-relógio, celular regulado para 3 ou 4 horas depois de a criança ter ido para a cama. A criança deve aprender a regular o despertador por si mesma e treinar durante o dia, deitada na cama e com os olhos fechados. ¨se ainda não der certo, os pais devem acordá-la – ela deve ir andando para o banheiro e abaixar seu pijama. Quando a criança fica seca quase todas as noites, durante 1 mês, ela pode ser acordada cada vez mais cedo, 15 minutos, até poder passar a noite toda sem urinar.

7-Reforço: a criança deve colar uma estrela ou fazer uma marca, no calendário, todas as vezes em que a cama amanhece seca; nessa ocasião deve ser fartamente elogiada. Atribuir um prêmio, previamente combinado quando ela acumula 5 ou 10 estrelas. As crianças maiores devem manter um registro em um caderno. Não proíba, não ameaçar, não castigar, não repreender e não zombe ou caçoe da criança. Não fazer comentários negativos quando a cama amanhece molhada.

8-Responsabilidade: os exercícios, as restrições de líquidos, a manutenção do caderno de registros, o enxágüe do pijama e das roupas de baixo, uma vez ensinados, devem ficar sob a responsabilidade da criança.

9-Acompanhamento: a criança deve levar ao médico o calendário e o caderno de registro, bem como contar os prêmios recebidos, nas consultas de seguimento e em contatos telefônicos (o 1º telefonema deve ser após 1 semana)

10-Para crianças que têm dificuldade em controlar a urina durante a noite, o pediatra pode recomendar outros recursos que já existem. Observação importante: esse programa só pode ser iniciado após a consulta médica para excluir possível doença orgânica. Hoje existem medicamentos que ajudam a criança a controlar melhor esta dificuldade. Seja carinhoso não perca a chance de mostrar a seu filho o quanto você é amigo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.