Mas de onde vem a incontinência?

Não consegue segurar o xixi ao dar risada? Pode ser incontinência urinária
9 de outubro de 2017
Atrofia vaginal: atinge 45% das mulheres durante a menopausa
11 de outubro de 2017
Show all

Em primeiro lugar, temos que ter em mente que eliminar urina sem querer nunca é normal. Pode ser que você tenha uma pré-disposição para incontinência se existirem casos na família, mas também é possível que outros motivos tenham influenciado o aparecimento do xixi incontrolável.

A gravidez é um dos fatores de risco. O parto normal pode causar lesões na musculatura, ligamentos e nervos da região pélvica, condições que levam ao escape de urina.E a cada filho as chances de incontinência aumentam, pelas mudanças e desgastes na anatomia do assoalho pélvico.

Aquelas que fizeram cesárea não estão imunes. Durante a gestação, o peso do bebê sobrecarrega a região pélvica, pressionando a bexiga e forçando a saída do xixi.É a mesma lógica em casos de obesidade, o peso do corpo fica maior do que a bexiga suporta e leva à incontinência.

Falando em manter o peso, saiba que exercícios físicos não causam a perda involuntária de urina, a não ser em treinos avançados de alto impacto.O que acontece com frequência é que mulheres descobrem a doença ao começar a treinar na academia, já que as atividades costumam exigir força ou tem forte impacto, contextos difíceis de segurar o xixi.

Nos homens, operações de câncer de próstata podem machucar enervações do sistema urinário, como o esfíncter, e causar problemas de escape. Apesar de os casos de incontinência acontecerem em qualquer idade, o envelhecimento aumenta as chances. Com o tempo, nosso corpo se enfraquece por inteiro e com a bexiga e o assoalho pélvico mais frágeis a incontinência fica mais provável.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *